Notícias

5 coisas para levar em conta ao contratar o serviço de portaria

5 coisas para levar em conta ao contratar o serviço de portaria

Aqueles que trabalham em ambientes comerciais ou moram em condomínio já devem estar bem acostumados com o serviço de portaria presencial ou portaria virtual,devido ao contato diário com o profissional.

Com o alto fluxo de pessoas é muito importante que o controle de acesso seja feito de maneira eficiente.

Somente dessa forma pode-se evitar que situações desagradáveis como, por exemplo, furtos e abordagens inconvenientes.

Para se ter ideia ao longo dos anos de 2015 e 2016, a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo registrou um aumento de 172% no número de furtos e roubos envolvendo condomínio na grande São Paulo.

Isso apenas torna ainda mais claro a necessidade de contar com empresas parceiras sérias.

Mas, principalmente comprometidas em realizar a identificação precisa de todas as pessoas que circulam nas dependências do ambiente.

No entanto, para garantir esse feito, é preciso que o serviço de portaria presencial ou portaria virtual  apresentem um conjunto interessante de ferramentas que também servirão como instrumento para avaliar a qualidade da empresa.

Vejamos as 5 principais:

1- Bons profissionais

O primeiro ponto que você precisa considerar no momento de contratar um serviço de portaria é a capacitação profissional dos colaboradores da empresa.

A seleção desses profissionais precisa ser “crítica”. Essa é uma das medidas iniciais que a instituição deve garantir para oferecer melhores condições para o segurado.

Por isso, sempre que for possível, conheça mais sobre a qualificação dos profissionais da empresa e faça indagações para verificar os fatos. Afinal, queremos que o serviço de portaria seja eficiente, não é mesmo?

2- Reputação da empresa

Tão importante quanto conhecer as pessoas que serão encarregadas de fazer o controle de acesso, é verificar a reputação da empresa que se pretende contratar.

Para isso, existem diversas formas como, por exemplo, pesquisar no Google sobre o histórico da organização com o objetivo de identificar possíveis situações de alerta.

Além disso, procure também consultar as avaliações feitas em redes sociais e em sites específicos, como o “Reclame Aqui”. Dessa forma, conseguirá aumentar o nível de segurança no controle de acesso.

3- Câmeras de segurança

Para aumentar o nível de segurança no ambiente, nada melhor do que ter equipamentos para esse fim.

Por isso, durante as primeiras negociações procure avaliar o nível de minuciosidade da possível contratada em relação às câmeras.

Mesmo que o espaço já tenha esse tipo de estrutura, conhecer o pensamento da empresa em relação a esse ponto precisa ser levado em consideração, afinal serão equipamentos que atuarão como suporte para a portaria.

Caso note alguma negligência sobre essa questão, “ligue o alerta” e verifique as outras possibilidades.

4- Procedimento padrão

Mesmo se tratando de uma situação indesejada, precisamos indagar a possível prestadora sobre qual é o procedimento padrão de segurança em caso de invasões.

Esse tipo de resposta precisa estar na ponta da língua e, portanto, qualquer tentativa de desenvolver a ideia na hora estará clara.

Dessa forma, você pode verificar se a empresa realmente está comprometida com a segurança das pessoas que frequentam o ambiente diariamente.

5- Tempo de experiência

E, por fim, o último ponto que você precisa verificar é relação ao tempo de mercado da prestadora de serviços de portaria. Instituições com alguns anos nesse setor, sem dúvida, saberão lidar com todas essas questões apresentadas de maneira satisfatória. Com exceção daquelas que demonstrarem estar totalmente desinteressadas.

Lembre-se de nunca “fechar portas”, no entanto, empresas com mais tempo de mercado, podem garantir recursos e um portfólio para você avaliar.

Novas concepções sobre segurança estão chegando ao mercado e você pode se beneficiar da situação para garantir o controle de acesso de ponta, conhecendo mais sobre o Grupo Vila Rica.


O PROJETO PAISAGÍSTICO DO CONDOMÍNIO É COISA SÉRIA

Anterior

O PROJETO PAISAGÍSTICO DO CONDOMÍNIO É COISA SÉRIA
Segurança no condomínio não é despesa, é investimento!

Próximo

Segurança no condomínio não é despesa, é investimento!



© Copyright 2018 by Grupo Vila Rica. | Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Agência Finalité